terça-feira, junho 24, 2008

Santarém tem hospital regional

A luta política tem uma face cruel: a mentira.
Usada secularmente como arma na disputa do poder, a mentira ganhou asas com a criação dos meios de comunicação de massas e recebeu motor turbo com a chegada da internet. Absolutamente tudo o que se quer dizer se diz e isso ganha as redes, replica-se em posts, em up-loads, enfim, alastra-se pelo ambiente sem fronteira da web.
No Pará, uma das mentiras que ganharam os céus, as páginas de jornal, as ondas de rádio e as redes de boatos e penetraram, por fim, nas mentes dos viventes passivos foi a de que o Hospital Regional do Oeste, sob responsabilidade do governo do Estado, não estaria funcionando.
Está. E bem.
A idéia dos hospitais regionais surgiu na campanha de Maria (PT, hoje prefeita de Santarém) ao governo do Pará em 2002, forçando o governo seguinte (eleito por uma margem de votos muito pequena) a assumir a bandeira do PT, de descentralização do atendimento.
Inexplicavelmente, a promessa foi cumprida apenas parcialmente depois de 12 anos de poder. Prédios foram construídos, é verdade, mas entre um prédio e um hospital existe uma distância tão grande quanto entre a mentira e a verdade.
O VT que postamos aqui, o primeiro de uma série de 4, foi exibido em Santarém e agora ganha versão para exibição em todo o Estado. Mostra o Hospital funcionando, prestando serviço e assistência, levando o direito à saúde às últimas conseqüências.
Criação Vanguarda Propaganda (Unidade Santarém) e produção final da Digital Produções.

video